fbpx
Pular para o conteúdo

Cruzeiro impõe superioridade, vence Patrocinense e mantém liderança no Mineiro

Image

Marlon, Juan Dinenno e Arthur Gomes fizeram os três gols do jogo no Mineirão

Embalado após vencer o seu maior rival fora de casa, o Cruzeiro voltou a campo nesta sexta-feira (9/2) e mostrou sua superioridade perante o Patrocinense, no Mineirão, e o venceu por 3 a 0. Os gols foram marcados pelo lateral-esquerdo Marlon, ainda no fim primeiro tempo; e pelos atacantes Juan Dinenno e Arthur Gomes, no começo do segundo.

Advertisement

Com este resultado, conquistado em partida válida pela 4ª rodada do Campeonato Mineiro (a fase de classificação possui oito), a equipe celeste mantém a liderança do Grupo A, com 10 pontos, dois a mais que o Tombense. A melhor campanha fica por conta do América, que, no grupo C, possui essa mesma quantidade, mas efetuou mais gols.

E por falar no rival de Belo Horizonte, o próximo duelo será justamente o clássico entre Raposa e Coelho. Jogo será na quinta-feira (15/2), às 20h, novamente no Gigante da Pampulha. Um desfalque é certo: o zagueiro Zé Ivaldo recebeu o terceiro cartão amarelo o estará suspenso.

O jogo
Desde os minutos iniciais, o Cruzeiro manteve a posse de bola e criou as melhores oportunidades de gol que, em grande parte do primeiro tempo, não foram muitas. Cruzamentos na área e passes em profundidade eram as principais tentativas — e foi num deles que as redes balançaram pela primeira vez.

Aos 38 minutos, Matheus Pereira deu um belo lançamento para Marlon, que passava livre e soltou uma bomba para estufar o barbante. Cruzeiro 1 a 0.

Na volta do intervalo, com exceção da troca entre Zé Ivaldo, amarelado, e João Marcelo, nada mudou, e os mandantes trataram de jogo ampliarem o marcador. Em jogada de escanteio, William cruzou a bola na área e Dinenno, de cabeça, fez o dele — e seu segundo com a camisa celeste.

Minutos depois, Pereira, o camisa 10, voltou a mostrar a sua qualidade com passes e lançou o companheiro Arthur Gomes, que, de frente para o goleiro adversário, não decepcionou o guardou o dele.

Depois disso, os visitantes até tentaram atacar, mas a Raposa conseguiu manter a postura defensiva, mesmo com menos afinco para fazer gols, e o placar se manteve intacto. Ainda deu tempo para os ‘crias’ Fernando e João Pedro entrarem e preocuparem a zaga da Águia.

Ficha técnica
O quê: Cruzeiro x Patrocinense

Quando: sexta-feira, 9 de fevereiro de 2024, às 16h30 (de Brasília)

Motivo: 4ª rodada do Campeonato Mineiro

Onde: estádio Mineirão, em Belo Horizonte

Cruzeiro: Rafael Cabral; Willian (Wesley Gasolina), Zé Ivaldo (João Marcelo), Neris (Filipe Machado) e Marlon; Lucas Romero, Lucas Silva e Matheus Pereira; Robert (João Pedro), Arthur Gomes (Fernando) e Juan Dinenno. Técnico: Nicolás Larcamón

Patrocinense: Cairo; Nando (Everton Kanela), Léo Alves, Guilherme Souza (Iago Mendonça) e Aílton; Matheus Santos, Baggio (Luan), Marinho, Caiuby (Marcílio) e Hudson; Caíque Lemes (Erverson). Técnico: Rogério Henrique

Arbitragem: Daniel da Cunha Oliveira Filho; Magno Arantes Lira e Ricardo Junio de Souza. VAR: Wagner Reway

Cartões amarelos: Zé Ivaldo (CRU); Marinho, Hudson, Aílton, Erverson e Marcílio (CAP)

Gols: Marlon aos 38′ do 1ºT; Juan Dinenno aos 2′ do 2ºT; Arthur Gomes aos 18′ do 2ºT (CRU)

Público: 19.502

Renda: R$ 497.132,50

Fonte:www.otempo.com.br/

Ouça os gols na voz de Leo Lasmar

mobile