Cleiton continua como goleiro titular no Atlético

Postado em 23/07/2019 12:00

A história de Cleiton no Atlético começa quando Victor já estava consagrado na história do clube, na conquista da Copa Libertadores. No Galo desde dezembro de 2013, o agora reserva imediato do camisa 1 terá outra oportunidade no gol, diante do Botafogo, nesta quarta-feira, pela Copa Sul-Americana. Será a vez de o jovem arqueiro de 21 anos jogar pela terceira vez em julho.

Cleiton foi campeão da Copa do Brasil sub-20 em junho de 2017, tendo feito a estreia no time profissional dias depois de bater o Flamengo, pelo torneio de base, na disputa dos pênaltis (o primeiro jogo foi na vitória contra a Chapecoense). Um ano depois de “debutar”, o goleiro virava o número um da linha sucessória de Victor, com a saída de Giovanni.

“Não tem experiência melhor do que conviver com ele no dia a dia. Tiro todas as coisas positivas dele, dentro e fora de campo, pela pessoa que ele é”. (Cleiton, sobre Victor)

Agora, passados mais 12 meses desde a estreia, Cleiton vive um momento especial no Galo. Foi titular nos dois jogos de Brasileirão 2019, após a Copa América. E continuará na meta alvinegra, uma vez que Victor está com tendinite no joelho e deve ser poupado do compromisso no Rio de Janeiro. É na capital carioca que Cleiton fará o 15º jogo pelo Atlético, após atuar sete vezes no Campeonato Mineiro, duas vezes na amistoso Flórida Cup, três pelo Brasileirão, uma vez por Sul-Americana e Libertadores.

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com