Publicidade

América empata em casa mas reassume a vice-liderança.

Postado em 08/11/2020 12:54

Em jogo disputado no Estádio Independência, América e Ponte Preta entraram em campo para aproveitar os resultados da 20ª rodada da Série B e o empate favoreceu ambos. O Coelho saiu na frente do placar com Geovane, em cabeçada indefensável na etapa inicial. Mas a Ponte veio com boa postura no segundo tempo e conseguiu o empate com Guilherme Pato, desviando cruzamento com estilo. As duas equipes, hoje no G-4, subiram uma posição. Os mineiros foram para a vice-liderança, e a Macaca “seca” o Juventude para ficar no G-4. O América deixou o jogo criticando a arbitragem, que anulou gol de Felipe Azevedo no 1º tempo.

O América ultrapassa o Cuiabá na tabela de classificação, com os mesmos 36 pontos e 10 vitórias, mas vantagem no saldo de gol. A equipe de Mato Grosso perdeu para o Brasil de Pelotas na rodada. A líder é a Chapecoense, que pode chegar a 43 pontos se vencer o Oeste e casa, neste sábado. Já a Ponte Preta também pula uma posição e dorme na quarta colocação, com 31 pontos. O Juventude tem a mesma pontuação e enfrenta o CRB no domingo, fora, com o clube campineiro secando os gaúchos.

O América ocupou o campo de ataque e não deixou a Ponte Preta ter espaços para contra-atacar. No início de jogo, Diego Ferreira roubou a bola lá na frente e quase abriu o placar para o time mineiro. A Macaca quase não assustava o goleiro Cavichioli e sofria para fechar a defesa. O Coelho, superior no 1º tempo, abriu o placar em boa jogada de Ademir pela ponta direita. Ele cruzou longo e Geovane, do outro lado, livre de marcação, cabeceou pro fundo do gol. A Ponte era um time inseguro, em noite de baixa produção. No fim da etapa inicial, a equipe de Campinas ficou no lucro. A arbitragem anulou gol de Felipe Azevedo ao ver toque de mão do atacante Rodolfo na jogada.

A etapa final teve mudança de postura radical da Ponte Preta, que avançou suas linhas e passou a incomodar a defesa do América. O Coelho demonstrou desgaste físico e não manteve o ritmo de jogo, criando oportunidades para o adversário. O jogo ficou mais equilibrado nas ações ofensivas, só que a Macaca, precisando do resultado, era mais perigosa. Em escapada pela direita, veio o empate. A defesa do América leu mal a jogada e a bola alçada na área foi finalizada, com categoria (de calcanhar) por Guilherme Pato.

O América volta a focar na Copa do Brasil e visita o Internacional na quarta-feira, às 21h30, no Beira-Rio, pela ida das quartas de final. Depois, irá viajar para o duelo contra o Cuiabá no próximo sábado (14), igualmente às 21h30. A Ponte Preta volta a campo na próxima sexta-feira, e recebe o Brasil de Pelotas no Moisés Lucarelli, às 16h00.

O técnico do América ficou furioso no 1º tempo e recebeu amarelo (suspensão), após o árbitro da partida validar o gol de Felipe Azevedo, mas voltar atrás e marcar falta de ataque do Coelho, ao interpretar o lance como toque de mão de Rodolfo antes de a bola entrar. Na Central do Apito, Sandro Meira Ricci viu lance normal. No apito final, Lisca entrou em campo e cobrou a arbitragem, recebendo o segundo amarelo e a expulsão. Ele está suspenso na próxima rodada, assim como o volante Dawhan, da Ponte.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!