Agora é o Guarani

Postado em 18/03/2019 11:50

O técnico Givanildo Oliveira elencou os principais pontos que determinaram a derrota do América para o Atlético por 3 a 2, neste domingo, no Mineirão, pela 10ª rodada do Campeonato Mineiro. Para ele, a expulsão de Matheusinho e os erros defensivos nos lances do segundo e do terceiro gol prejudicaram a equipe alviverde.

“Não posso dizer que não atrapalhou. Você ficar com um a menos num jogo intenso e tão disputado, é claro que atrapalha. Pelo que procurei saber, ele na verdade foi com o pé alto e acabou acontecendo a expulsão. Mas é bom lembrar que empatamos o jogo já sem o Matheusinho. Depois tivemos uma boa bola de cabeça. Eles tomaram conta com um a mais, trabalharam a bola bem, e nós falhamos na hora de saída quando tínhamos a bola. No último gol, nós saímos errado. No segundo, tinha um jogador nosso dando condições. Acho que jogamos pelo menos para um empate, pois jogamos bem, fizemos um bom jogo”, analisou Givanildo.
 
Embora tenha saído atrás no placar, com gol de cabeça do zagueiro Réver, o América chegou a contabilizar 60% de posse de bola no primeiro tempo e teve tranquilidade para chegar ao empate, em chute cruzado de Felipe Azevedo. Na etapa final, o jogo estava equilibrado até os 13min, quando Matheusinho atingiu o equatoriano Cazares na canela com um carrinho no meio-campo e levou cartão vermelho direto.
 
Pouco tempo depois, aos 18min, Marcelo Toscano ficou parado na pequena área e deu condições ao ataque do Atlético, que se aproveitou de chute sem direção do lateral-esquerdo Fábio Santos. Luan rolou a bola e Alerrandro completou para as redes: 2 a 1. O Coelho buscou o empate aos 21min, em cabeceio de Paulão, porém sofreu o terceiro nos acréscimos, novamente com Alerrandro, num lance de bate-rebate na grande área.
 
Com a derrota, o América não só viu o Atlético assegurar a primeira colocação da fase classificatória do Estadual como perdeu a segunda posição para o Cruzeiro. Terceiro colocado, com 21 pontos, o time agora se prepara para enfrentar o Guarani, às 21h30 desta quarta-feira, no Independência, pela 11ª rodada. Independentemente de outros resultados, Givanildo Oliveira mantém o discurso de confiança e espera que o encerramento na etapa de pontos corridos seja positivo.
 
“A confiança está mais forte ainda, até porque foi a primeira derrota na competição num jogo em que fomos bem. No primeiro tempo, encaramos de igual para igual, fomos melhores que eles. Nós estamos no caminho certo. É dureza, ninguém quer perder, nem em e nem os jogadores. Fizemos um bom jogo, mas perdemos. Agora temos que ganhar na quarta-feira para avançar mais um pouco”, encerrou o comandante americano.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com