A "lei do ex" pode acontecer neste domingo no Indpendência. - Portal MPA

Publicidade

A “lei do ex” pode acontecer neste domingo no Indpendência.

Postado em 25/09/2021 13:42

Um dos principais reforços do América para a Série A do Brasileiro, Orlando Berrío tem sofrido com problemas físicos desde que chegou ao CT Lanna Drumond. Após ficar mais de um ano sem atuar, o colombiano luta para alcançar sua melhor performance e ter uma sequência com o técnico Vagner Mancini.

Em recuperação de um desgaste muscular, ele é dúvida para a partida que poderá marcar o reencontro com o Flamengo, seu ex-clube, neste domingo, às 11h00, no Independência. Com a camisa rubro-negra, foi três vezes vencedor do Carioca e campeão brasileiro em 2019.

Advertisement

O histórico de Berrío, nos últimos anos, não é animador. Foram poucas partidas disputadas nas últimas duas temporadas por conta de sucessivas lesões. No ano passado, ainda com o Fla, foram duas partidas disputadas, todas pelo Campeonato Carioca. Depois, transferiu-se ao Khor Fakkan, dos Emirados Árabes, mas não jogou.

Desde que foi contratado pelo Coelho, em 9 de julho, foram apenas dois jogos, ambos saindo do banco de reservas. Ao todo, são 27 minutos em campo. Ele só estreou contra o Ceará, em 29 de agosto, 51 dias depois de chegar a Belo Horizonte. Ele foi regularizado no dia 2 de agosto, quando abriu a janela internacional.

Em 2020, foram 82 minutos jogados pelo Flamengo. Somado ao tempo em que atuou pelo América, são 109. Ou seja, pouco mais de uma partida completa nos últimos dois anos.

A última vez que o atacante de 30 anos atuou foi na vitória contra o Athletico-PR, pela 20ª rodada da competição. Ele sequer viajou com a delegação para a capital paulista, onde o Coelho empatou com Corinthians e São Paulo, para continuar o tratamento.

Segundo Mancini, a condição física do atleta e o tempo parado pesaram na decisão de preservá-lo nos últimos dois compromissos da equipe mineira. A expectativa é que ele esteja à disposição neste fim de semana.

“O atleta sentiu um leve desconforto, ficou de fora dessa viagem. A gente utilizou esse período justamente para fortalecê-lo mais diante de algumas valências físicas que, no caso, ele precisa por ter ficado um tempo parado. Mas é um atleta que, certamente, domingo vai estar à disposição”.

Há quatro jogos sem perder no Brasileiro, o América subiu na tabela de classificação e deixou a zona de rebaixamento. Com 23 pontos ganhos, ocupa a 16ª posição, à frente do Juventude (17º) no saldo de gols.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade