Publicidade

Sem noção! Promotores russos investigam circo que exibe animais com uniformes e suásticas nazistas

Postado em 14/01/2021 17:00

É cada coisa bizarra que a gente vê por aí! Confere essa história: um circo está sendo investigado por promotores após exibir como atrações um macaco com uniforme nazista e um desfile de cabras usando suásticas do regime de Adolf Hitler, na Rússia.

Conforme o ‘Daily Mail’, o espetáculo foi encomendado pela Igreja Ortodoxa Russa para marcar as festividades do Natal ortodoxo, comemorado na última semana.

Além disso, as sessões, assistidas por várias crianças, foram conduzidas por tratadores usando uniformes do período soviético. Esse espetáculo aconteceu no Circo Estadual Udmurtia, em Izhevsk.

As leis russas proibiam a exibição de símbolos nazistas. Mas, no ano passado, o presidente Vladimir Putin assinou um decreto liberando o uso dos símbolos.

Foto: Reprodução/State Circus of Udmurtia

A igreja, que contrato o espetáculo, negou que estava fazendo propaganda nazista e afirmou que a apresentação havia sido encomendada para festejar a vitória soviética sobre os nazistas na Segunda Guerra Mundial.

O circo também confirmou a versão. No entanto, com a grande repercussão negativa nas redes sociais, os sites das partes envolvidas retiraram as imagens do ar.

“Você precisa entender que uma característica especial da arte circense é o entretenimento, e não há nada de surpreendente no fato de que as imagens usadas nela tenham um caráter irônico e às vezes até grotesco”, disse o porta-voz da igreja.

Foto: Reprodução/State Circus of Udmurtia

 

The post Sem noção! Promotores russos investigam circo que exibe animais com uniformes e suásticas nazistas first appeared on Portal Amirt.

Postado originalmente por: Portal AMIRT

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!