Publicidade

Devido tragédia em Brumadinho, chefe do Ministério Público de Minas confirma acordo ‘bilionário’ com Vale

Postado em 03/02/2021 12:00

Durante cerimônia de posse da nova mesa diretora da ALMG, o governador do Estado havia encerrado as tratativas

Na noite dessa terça-feira (2), o procurador-geral de Justiça de Minas Gerais, Jarbas Soares Filho, confirmou a assinatura de um acordo com a Vale devido ao rompimento da barragem da minerada em Brumadinho, na região Central do Estado.

Em seu perfil no Twitter, o chefe do Ministério Público de Minas afirmou que nesta quinta-feira (4) vai ser assinado um acordo bilionário com a mineradora em razão da tragédia de Brumadinho. Além disso, Jarbas destacou que será o maior acordo da história, que se dá em duas ações do MPMG e uma do Estado, e não incluem as ações penais, os danos desconhecidos e os direitos individuais.

Advertisement

O procurador também destacou que a garantia de direitos dos atingidos, a recuperação integral do meio ambiente e as medidas de reparação são premissas básicas do acordo de Brumadinho. Por fim, ressaltou que o acordo está adiantado, mas não está concluído.

Lembrando que o acordo já havia sido tema de uma reunião na última segunda-feira (1). Na ocasião, o governo de Minas negou ter finalizado a negociação com a Vale, por meio de nota. Entretanto, o governador, Romeu Zema (Novo), já havia encerrado as tratativas durante a cerimônia de posse da nova mesa diretora da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

“Negociamos um acordo de reparação com a mineradora Vale, que possibilitará aos mineiros uma sensível melhoria na qualidade de serviços prestados. Os valores que receberemos para compensar o povo mineiro serão revertidos, exclusivamente, em obras e serviços”, confirmou Zema na segunda-feira (1).

Os detalhes sobre a reunião ainda não foram divulgados pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

Foto: divulgação Corpo de Bombeiros

Postado originalmente por: Portal AMIRT

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!