Publicidade

Com isolamento social, famílias sentem impacto de alta dos alimentos

Postado em 13/02/2021 8:00

Supermercados, por outro lado, comemoram aumento nas vendas

A dona de casa Marina Ricardo, de Brasília, gastava cerca de 800 reais em compras no supermercado por mês, antes da pandemia. Com a chegada do coronavírus, esse cenário mudou… Para pior. Com toda família isolada em casa, a conta do mercado aumentou e muito. Além de perceber que estava comprando mais itens, Marina também notou uma alta no preço dos alimentos. 

E a Marina não está sozinha. A conta do mercado aumentou em todo país. No acumulado dos 12 meses de 2020, o valor da cesta composta pelos 35 produtos mais vendidos subiu 21,57%. Essa alta foi puxada por itens como a carne bovina, leite, açúcar e arroz.

Advertisement

Má notícia para os consumidores, mas motivo de comemoração para os empresários do setor, que registraram alta real de 9,36%, de janeiro a dezembro de 2020.

Associação Brasileira de Supermercados, a ABRAS, acredita que por conta das medidas de isolamento social, os brasileiros mudaram seus hábitos, aumentando o consumo dentro de casa. Além disso, os estímulos concedidos pelo governo federal, como o auxílio emergencial, injetaram bilhões na economia, e boa parte desse montante foi gasto no setor.

Todas as regiões brasileiras registraram alta no preço da cesta no mês de dezembro. A Região Sul foi a que apresentou a maior variação, passando de cerca de R$664 para quase R$692.

*As informações são da Radioagência Nacional.

Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

The post Com isolamento social, famílias sentem impacto de alta dos alimentos first appeared on Portal Amirt.

Postado originalmente por: Portal AMIRT

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!