Publicidade

Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Todos deveriam saber comunicar

Postado em 04/01/2020 6:00

A máxima do Chacrinha é verdade: “Quem não se comunica, se trumbica”. Nossa capacidade de expressão está relacionado a língua que aprendemos. Seria bom compreender todos os idiomas, ou existir um universal.

Provérbios 31.8,9

Retirado do site: https://pt.freeimages.com/photo/hearing-impaired-1307604

Poucas vezes assisti a uma posse de presidente no nosso país. Mas a última que aconteceu chamou a minha atenção e a de praticamente todo o mundo. Não que foi algo fora do padrão do protocolo, mas houve um destaque no pronunciamento da primeira-dama do Brasil feito em LIBRAS (Linguagem Brasileira de Sinais).

Nunca em toda a história do Brasil, e posso disser mundial, alguém se preocupou em fazer uma minoria participar de forma tão vibrante de tão solene ocasião, ao ponto de ser destaque nos principais jornais do planeta.

A mãe de Lemuel deveria ser uma ativista, pois, após alertar seu filho de não se envolver com a bebida e fazer uso medicinal para aqueles que estavam sofrendo, ela o aconselha a ser uma voz “audível” em meio a uma nação que desprezava os que eram portadores de necessidades especiais.

Peh” ou seja boca em hebraico significa literalmente isso, ou em alguns casos significa abertura ou algo que deve ser deixado para outro, uma herança.

É como se esta sábia mulher estivesse dizendo cuide dos necessitados deixando a eles condições favoráveis de saírem de seu estado de miséria e conseguirem o que é direito a todos os homens.

Pense nisso, nosso Deus é o Soberano sobre toda a terra que sempre observou as necessidades dos menos favorecidos.

Um grande abraço! Nos eternos e fraternos laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que gostaria de ter aprendido LIBRAS quando ainda no processo de alfabetização

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!