Rascunhos da Vida

Rascunhos da Vida: Justiça para todos

Postado em 02/04/2020 6:00

Meu tio “Tõe Fonseca” foi bancário por muitos anos. Quando eu estava estudando em Belo Horizonte eu muitas vezes pegava carona com ele. Gostava de conversar com ele, pois contava experiências importantes para mim.

Salmo 82

Retirado do Site: https://pt.freeimages.com/photo/hammer-to-fall-1223606

Numa destas viagens ele disse que quando ele foi gerente em Lagoa Santa chegou um novo sub-gerente para sua agência. Esse jovem (em ambos sentidos, tanto em idade, quanto em tempo na agência) estava passando todos os clientes do banco com suas camisas bem passadas e gravatas italianas na frente de um senhorzinho trabalhador com calças puída e camisa de candidato.

Meu tio passou em frente a esse senhor, o cumprimentou e perguntou o que ele fazia ali? Ele disse que esperava o atendimento e que queria agendar uma transferência para seu filho. Tio “Tõe” o chamou para ser atendido em sua mesa.

Após o encerramento do expediente bancário meu tio se aproximou de seu neófito companheiro e disse porque fez aquele senhor esperar tanto? Ele respondeu que os outros pareciam ter mais urgência.

Então “Dr. Fonseca” disse a ele pesquise o seguinte CPF (ao qual sabia de memória). Veja quem é o maior investidor desta agência e quantas contas ele tem em seu nome. Para surpresa do neófito era o senhorzinho o homem mais rico de toda região de Lagoa Santa. “Fonseca” terminou sua narração para mim dizendo ” nunca julgue pelas aparências “.

Deus está presente em todos os lugares, mesmo não concordando com as atividades ilícitas ou injustas de muitos dos poderosos (verso 1).

Mesmo que aqueles que podem julgar o estejam fazendo por motivação pessoal, por interesse ou mesmo por aparências (verso 2), devemos nos esforçar para praticar a justiça e defender os necessitados.

Pois Deus um dia julgará a todos. Ricos, pobres, negros e ” branquelos “, fortes e fracos, justos e injustos. Sim todos nos apresentaremos diante do tribunal da justiça divina. E só existe um meio para não ser condenado, entregar sua vida a Cristo Jesus.

Pense nisso, e enquanto vivermos nesta terra pratiquemos o que é justo sem permitir ser influenciado para o mal.

Um grande abraço.
Nos eternos laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que tenta ser justo (e muitas vezes falha) e deseja que a justiça seja para todos, quer tenham dez dedos ou menos nas mãos.

Veja também
<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Autor do blog: Rodrigo Fonseca Andrade

Rodrigo Fonseca Andrade é um microempreendedor, teólogo e professor de línguas clássicas (Grego Koinê e Hebraico Massorético). Casado com Sílvia e pai de João Victor e Isabelle. Com formação em Tecnologia, Meio Ambiente e Teologia. Tem como objetivo principal tornar o conhecimento teológico simples e abrangente. Sendo assim demonstra através de fatos da vida como Deus é soberano e dirige nossa história pessoal. Neste blog você lerá, lembrará e se identificará com muitos dos fatos bíblicos exemplificados de forma simples e objetiva.

error: Este conteúdo é protegido!