Publicidade

Blog Meu Amar

Conheça a Associação Meu Amar

Postado em 23/08/2020 8:00

Olá conheça a Associação Meu Amar, como é bom vir aqui apresentar para você; caro leitor, o nosso trabalho que estamos fazendo desde 2019 com muito amor e carinho para acolher mulher vítimas de violência doméstica. Antes de eu te apresentar a Meu Amar, preciso contar como tudo começou. Infelizmente o número de mulheres vítimas de violência doméstica só aumenta e o que torna mais grave é que existem violências que são intangíveis, ou seja, não é visível e que faz o sofrimento dessas mulheres serem silenciosos.

Estou falando principalmente sobre a violência psicológica. A violência psicológica contra mulheres é algo muito grave, pois priva a mulheres do seu poder, ela vive constantemente com insultos e frases que faz com que ela perca sua autoestima e seus valores pessoais, assim quando vem à ter uma violência física, a mulher já não vê uma saída, não consegue imaginar sua vida sozinha, mesmo que a relação que se encontra não seja saudável. Com a pandemia e o isolamento social, esses casos só aumentam. Dados divulgados pelo MDH revelam que o ligue 180 (canal de denúncia e atendimento à mulher) registrou um aumento de 9% nas ligações durante o período de quarentena.

Os casos de feminicídio também cresceram assustadoramente 22%. O relatório do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) destaca que os casos de feminicídio cresceram 22,2%, entre março e abril deste ano, em 12 estados do país. Foi por situações como essas que a Meu Amar nasceu, para acolher mulheres vítimas de violências doméstica e dar o apoio psicológico necessário para que as mulheres tenham condições emocionais de sair da dependência emocional que se encontram e ter oportunidade de escolha.

Nós somos uma associação sem fins lucrativos e contamos com um time de 12 mulheres que empenham seu tempo e amor para trabalhar e acolher. Uma de nossas psicólogas voluntárias Danielle Teixeira desenvolveu nossa metodologia de trabalho para o grupo de apoio, 7 Passos para evolução. Acreditamos que o trabalho em grupo com mulheres que viveram a mesma situação ajuda dar força e apoio para a cura dessas mulheres.

A Meu Amar atende através do núcleo psicológico coordenado pela psicóloga e Doutora Sonia Maria de Lacerda e o núcleo jurídico coordenado pela nossa Advoga Telma Rodrigues. Devido o isolamento social nosso trabalho nesta data de hoje 18/08/2020  tem sido de forma online. A mulher que sofre ou sofreu violência doméstica que deseja ser acolhida pela Meu Amar precisa preencher um formulário online e gratuito, uma das nossas psicólogas voluntárias entrará em contato pelo telefone cadastrado, a mulher irá passar por até 3 acolhimentos individual com a psicóloga e após essa acolhimento se possível ela será encaminhada para o grupo de apoio.

Nosso principal objetivo é o trabalho do Grupo de Apoio dos 7 Passos, mas nosso trabalho se estende a muito mais; incluindo ativar e trabalhar  na rede de enfrentamento em Divinópolis, porém ficaria difícil eu te explicar tudo, por isso eu te convido a nos seguir no Instagram @meuamarprojeto e acompanhar de perto nosso trabalho. Encerro agradecendo por você ter lido até aqui este artigo e peço que nos ajude a divulgar nosso trabalho. Caso conheça alguma mulher que esteja em uma relacionamento abusivo, por favor divulgue nosso trabalho e nos ajude a mudar essa realidade.

Segue o link do formulário para ser acolhida pela Meu Amar https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSffFis5gbfCKMKdDqUEn36W63eqSQASo2J_cUGSkzh1dUJxiQ/viewform

Texto – Tatiane Duarte – Empreendedora, especialista em estratégia de Negócio – Presidente da Associação Meu Amar.

 

 

Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

<
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Blog é para falar deste projeto de apoio as mulheres vitimas de violência.
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!