SINTRAM pede vereadores para não votarem projetos do DIVIPREV até fim das investigações

Postado em 07/02/2019 8:00

Os membros da diretoria do SINTRAM estiveram nesta quarta-feira, 06 na sede da Câmara Municipal. O Sindicato foi pedir a todos os parlamentares que não votem nenhum projeto que esteja relacionado ao DIVIPREV. A solicitação é alusiva a investigação desencadeada pelo Ministério Público.

A presidente do SINTRAM Luciana Santos e alguns membros da diretoria fizeram o pedido direto aos gabinetes. No documento entregue aos parlamentares eles pedem cautela na votação dos projetos ligados ao Instituto de Previdência dos Servidores até que os recentes episódios sejam esclarecidos pela justiça e a promotoria.

O Instituto de Previdência dos Servidores do município de Divinópolis conhecido como DIVIPREV esta sendo investigado pelo Ministério Publico por fraudes a procedimentos licitatórios destinados a contratação de empresas para executar serviços de assessoria jurídica. O valor anual desse serviço é de aproximadamente 76 mil reais.

Foram cumpridos 12 mandatos de busca e apreensão em Divinópolis, Belo Horizonte, Nova Lima e Santa Luzia, e uma ordem judicial de afastamento da presidente do DIVIPREV. O contrato começou em agosto de 2017 e tinha validade de 12 meses porem ao que tudo indica a empresa ainda está atuando no Instituto.

Reveja a coletiva do MP

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com