Marcelo oficializa que não vai gerir o projeto do Hospital, responsabilidade é da FIEMG

Postado em 28/02/2019 10:30

O projeto do Hospital Público não será gerido pelo SINVESD. Este foi o posicionamento do presidente da instituição Marcelo Ribeiro. Para o ex diretor da FIEMG Regional a proposta só saiu do papel por causa da força da instituição no setor econômico do Centro-Oeste. A gestão feita pelo sindicato não atingirá os mesmos resultados.

Marcelo Ribeiro anunciou sua saída da FIEMG no inicio deste mês. O presidente do SINVESD enfatizou a falta de apoio e retribuição financeira como um dos motivos para sua decisão. De acordo ele com a sobrecarga de trabalho foi necessário afastar dos negócios.

Com o pedido de afastamento surgiu as duvidas em torno dos projetos iniciados na sua gestão. Um deles o de suporte para conclusão das obras do hospital público. Em dezembro de 2018 a FIEMG liderada pelo diretor Marcelo Ribeiro convocou os deputados eleitos a destinarem emendas parlamentares para o hospital. Na mobilização foi levantado o compromisso de aproximadamente 8 milhões de reais em recursos.

Na semana passada o vice-presidente da entidade Paulo Costa transferiu a responsabilidade de dar continuidade ao projeto para o SINVESD. Para o vice-presidente o projeto nasceu por iniciativa do sindicato que compõem o grupo de gestão da FIEMG, desta forma é necessário que ele continue como responsável pelas ações e os próximos passos na execução.

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com