Aprovar georeferenciamento é uma prioridade da presidência da Câmara

Postado em 07/02/2019 7:50

Foram retomadas nesta terça-feira, 05 as reuniões ordinárias da Câmara Municipal de Divinópolis. A nova mesa diretora ficará responsável pela gestão do legislativo nos próximos dois anos. Uma das prioridades do presidente é aprovar o georeferenciamento. A proposta é um dos assuntos que tem gerado polêmica.

A definição da prioridade foi traçada pelo vereador Rodrigo Kaboja (PSD) durante uma entrevista ao programa Bom Dia Divinópolis. A proposta do georefereciamento foi feita pela prefeitura. O projeto visa corrigir as distorções de imóveis no cadastro do município.

Com a correção do georefereciamento as construções que não foram registradas na prefeitura terão o valor do imposto corrigido. Para realizar o trabalho na cidade o executivo enviou para Câmara uma proposta de contratação de um empréstimo. O governo estima que serão necessários cerca de 5 milhões de reais para execução da proposta.

Para o presidente da Câmara aprovar esta medida é uma das prioridades do mandato. O projeto tem gerado muita polêmica. No ano passado o projeto foi barrado pelo grupo de oposição que liderou uma movimento contra a aprovação da medida. Para mudar esta situação o presidente pretende articular junto aos vereadores a aceitação da proposta.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios