Publicidade

Após polícia concluir morte de segurança por problemas cardíacos, inquérito será enviado à justiça

Postado em 09/10/2021 12:18

A Polícia Civil concluiu o inquérito sobre a morte de Edson Carlos Ribeiro de 42 anos. O segurança foi morto durante uma festa particular no parque de exposições no dia 25 de setembro. No laudo pericial o óbito foi causado por uma cardiomiopatia que levou a uma morte súbita.

No dia em que Edson morreu o perito responsável não encontrou lesão aparente que justificasse o uso de um soco inglês. O perito ainda exemplificou que a intensidade lesiva de um soco inglês é 7,5 x maior que um soco comum.

Ao decorrer do inquérito a Polícia Civil ouviu 20 pessoas. Somente uma testemunha disse ter visto o uso de um soco inglês. No entanto, não foi constatado nem pelo laudo pericial nem pelas outras testemunhas o uso do artefato.

Advertisement

Segundo o médico legista, Edson foi atingido com um soco no supercílio. As lesões por si só não seriam capazes de provocar a morte. Mas uma situação de estresse associada à condição do coração também pode ter colaborado. 

O inquérito policial foi remetido à Justiça com indiciamento do suspeito pelo crime de lesão corporal, previsto no art. 129 do Código Penal. O investigado está preso preventivamente desde o dia da autuação em flagrante.

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade