Áreas de risco em Divinópolis são vistoriadas pelo Corpo de Bombeiros - Portal MPA

Publicidade

Áreas de risco em Divinópolis são vistoriadas pelo Corpo de Bombeiros

Postado em 10/12/2021 18:21

O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil, seguindo um plano de contingência estão vistoriando áreas de risco em Divinópolis. São áreas de encosta, com risco de desmoronamento e regiões passíveis de inundação. O trabalho hoje pela manhã foi concentrado na vila João Cota.

O verão costuma ser época mais chuvosa em Divinópolis. Só nos dez primeiros dias de dezembro já choveu em Divinópolis 108 milímetros, segundo dados do instituto nacional de meteorologia. Em novembro choveu 141 milímetros e a previsão é que o período chuvoso se estenda até o mês de março. A dona Geralda mora na Vila João Cota e já presenciou vários alagamentos.

O córrego que passa na vila João Cota, região do bairro Catalão é canalizado, mas um volume repentino de água pode fazer com o nível suba e invada casas. Atuando na prevenção, o Corpo de Bombeiros vistoriou algumas áreas consideradas de risco.

O Corpo de Bombeiros conversou com moradores e repassou orientações de como devem proceder diante de uma inundação. Além disso, nas vistorias são considerados os riscos geológicos – de um desmoronamento de encostas, por exemplo, ou hidrológicos devido ao aumento das águas.

A ação faz parte de um plano de contingência entre a prefeitura, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros. O rio Itapecerica também é monitorado diariamente. O rio corta 18 quilômetros do perímetro urbano de Divinópolis. A Defesa Civil ainda orienta que em caso de bueiro entupido é necessário acionar a prefeitura para fazer a limpeza. O telefone da Defesa Civil é o 199 e o do Corpo de Bombeiros é o 193.