Publicidade

TikTok: Juiz ameaça suspender proibição do app nos Estados Unidos

Postado em 26/09/2020 10:03

A proibição de novos downloads do TikTok nos Estados Unidos, prevista para entrar em vigor no próximo domingo (27), pode ser adiada ou até mesmo suspensa, depois que a ByteDance, empresa por trás da plataforma de origem chinesa, recorreu à justiça.

Na quinta-feira (24), o juiz responsável pelo julgamento do caso emitiu ordem solicitando uma ação imediata por parte dos advogados da administração de Donald Trump. O magistrado deu duas opções ao governo americano, que deve decidir por uma delas até as 14h30 de sexta-feira (25).

Uma das alternativas oferecidas pelo juiz distrital Carl Nichols é que Trump apresente documentos defendendo a proibição de downloads e a disponibilização de atualizações do app no país. A outra é o adiamento desta ordem do Departamento de Comércio dos EUA, de proibir que novos usuários baixem o programa nas lojas do Android e iOS.

De acordo com a Bloomberg, Nichols quer ganhar tempo para julgar o caso. Ele argumenta que a proibição, mesmo temporária, causaria danos irreparáveis à plataforma, utilizada por mais de 100 milhões de americanos. O juiz estaria disposto até mesmo a suspender a proibição do governo, dependendo da resposta da Casa Branca, segundo o veículo.

Confira nossa playlist no spotify e siga a 94

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!