Publicidade

Google é acusada de espionar usuários e recebe multa milionária

Postado em 04/06/2020 10:43

A firma de advocacia Boies Schiller Flexner abriu nesta terça (2) uma ação coletiva contra o Google, acusando a empresa de coletar dados mesmo quando os usuários estão no modo de navegação anônima.

De acordo com o processo, a marca dona do navegador Chrome realizou “interceptação e coleta ilegais e intencionais de comunicações confidenciais de indivíduos sem seu consentimento, mesmo quando esses indivíduos expressamente seguem as recomendações do Google para impedir o rastreamento ou a coleta de suas informações e comunicações pessoais.”

No documento, os advogados afirmam representar milhões de usuários e pedem uma reparação de US$ 5 mil por pessoa – valor que facilmente pode atingir a casa dos bilhões -, por conta da violação de leis de privacidade na Califórnia, estado onde o Google possui sede.

Em resumo, a principal crítica do processo é que a companhia não comunicaria de forma clara aos usuários que, mesmo estando em modo anônimo, a empresa consegue fazer a coleta de dados que pode gerar insumos tanto para o seu sistema de anúncios quanto para os sites visitados dentro do modo anônimo, caso eles possuam a solução Google Analytics, que monitora o tráfego de sites.

O texto do processo afirma que a empresa “não pode continuar se engajando na coleta de dados secretos e não autorizados de praticamente todos os americanos com um computador ou telefone”.

Confira nossa playlist no spotify e siga a 94

Publicidade
Veja também
Noticias relevantes:
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!