Publicidade

Ex-segurança de Michael Jackson sai em defesa do cantor e corrobora sua heterossexualidade

Postado em 20/03/2019 13:33

O documentário “Leaving Neverland” recolocou sob os holofotes da mídia as acusações de assédio sexual infantil contra Michael Jackson, utilizando de depoimentos de supostas duas vítimas do cantor, Wade Robson e James Safechuck.

Entrando no time de defesa de Michael Jackson, vem Bill Whitfield, ex-segurança do cantor, que nega as acusações de que Michael teria interesse em jovens garotos, como aponta o documentário “Leaving Neverland”, afirmando que a estrela teria sim muito interesse em mulheres. E só nelas.

“Nós tivemos várias conversas para saber que ele curte mulheres, nós falávamos sobre mulheres”, afirmou Bill Whitfield em entrevista ao programa “Hidden Truth Show”, nesta segunda-feira (18). “Eu estou ciente dele passando tempo com mulheres. Duas mulheres em particular, mas o que ele fez com essas mulheres no tempo em que eles estavam juntos, não cabe a mim dizer”, completou o segurança, que trabalhou com Michael Jackson por dois anos.

“Michael Jackson não era o tipo de cara que molestava crianças”, concluiu Bill Whitfield.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!