Publicidade

Prefeito usa chicote para agredir manifestantes na porta da casa dele

Postado em 07/12/2020 7:55

O prefeito Armênio Sodré, conhecido como “Galego do MDB”, usou um chicote para agredir manifestantes na porta da casa dele em Barra do Mendes, na Bahia, na noite dessa sexta-feira (4). De acordo com o portal G1, uma mulher ficou ferida com marcas da agressão pelo corpo e registrou a ocorrência em uma delegacia.

O grupo de manifestantes protestava contra o prefeito devido às ações tomadas por ele no combate à pandemia do coronavírus na cidade baiana. A mulher agredida falou ao portal de notícias que um amigo do grupo está com a doença e precisava de um respirador ou de uma transferência para Salvador ou para Irecê, cidade a cerca de 65km de Barra do Mendes, mas que com o dinheiro obtido pelo prefeito durante a pandemia, seria possível o município adquirir o equipamento.

Durante o protesto, imagens de câmeras de segurança mostram que o prefeito chega em um carro e já desce do veículo com o chicote na mão. O grupo se dispersou após a chegada dele, mas a mulher que ficou por último foi agredida pelas costas e teve um corte na mão.

Em nota e o emedebista disse que o protesto foi iniciado por comerciantes insatisfeitos com o fechamento das atividades não essenciais no município em decorrência do aumento das internações e que os manifestantes “soltaram foguetes em direção à casa dele, pregaram cartazes no portão e no muro da casa, esmurraram e chutaram o portão da residência, assustando as filhas, uma criança e uma adolescente, além da mãe dele, que tem mais de 90 anos e problemas de saúde”. O prefeito, por fim, disse que agiu “intempestivamente” ao se assustar com a situação e pediu desculpa pelo ocorrido.  

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!