Monte Testácio formado por lixo vira atração postal - Portal MPA

Publicidade

Monte Testácio formado por lixo vira atração postal

Postado em 19/09/2021 7:40

Fonte: Pinterest/Reprodução

Apesar dos inúmeros cartões-postais e dos cenários históricos hospedados pela atual Roma (Itália), uma série de formações incomuns também faz parte do berço da civilização, trazendo lendas curiosas sobre hábitos dos antigos povos. Um desses exemplos que exibem a variedade cultural da cidade é o estranho Monte Testácio, colina artificial de 35 metros de altura que era um popular aterro há 2 mil anos.

Entre os séculos II a.C. e I a.C., fragmentos de cerca de 53 milhões de ânforas romanas, nas quais o azeite de oliva era armazenado, começaram a se acumular em Rione XX Testaccio, um distrito na parte sul de Roma. Segundo especialistas, esses vasos eram desperdiçados por não apresentarem propriedades de reciclagem, aparentemente devido ao acúmulo de óleo em sua superfície e à exalação de um cheiro desagradável. Assim, a formação da colina revela não somente detalhes sobre os hábitos sustentáveis da população romana, mas também informações relevantes sobre a economia da época.

Em cerca de 250 anos, o Monte dei Cocci, como também é conhecida a “montanha de entulhos”, cobriu uma área de quase 20 mil m², com um atual volume de 580.000 m³ que foi reduzindo gradativamente com o tempo. O maior lixão romano, que fica a uma curta distância da margem oriental do Tibre, foi resultado da chegada de inúmeros navios transportadores aos portos da capital, trazendo ânforas com capacidade para até 70 litros de óleo.

Advertisement

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade