Publicidade

Filho da “pior mãe do mundo” fala pela primeira sobre crimes de tortura

Postado em 30/10/2020 7:40

Foto: Reprodução/The Sun

Ela é conhecida como “a mãe mais sádica da Europa” e ficou famosa após suas torturas assustadoras serem reveladas. Agora, pela primeira vez, seu filho adotivo é entrevistado e revela como era viver sob o mesmo teto de alguém tão terrível.

Eunice Spry tem 76 anos e abusou terrivelmente dos três filhos, dois biológicos e um adotivo. Caleb Gilbert, hoje com 28 anos, contou alguns dos crimes cometidos por ela, em uma entrevista ao tabloide The Sun. Segundo ele, os filhos biológicos sofreram muito mais que ele, talvez por Eunice achar que ele era muito novo e podia ser “ajustado”.

O principal crime conhecido por ela envolvia obrigar os filhos a comer as próprias fezes. Mas Caleb afirma que eram comuns outros tipos de tortura, geralmente com utensílios domésticos e até bastões esportivos.

Em 2002, Victoria uma das filhas dela conseguiu fugir da residência e denunciou os abusos da mãe. Ela tinha 17 anos na época. Eunice foi presa e condenada há 12 anos de prisão e solta em 2014.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!