Publicidade

Filha diz que Gerson Brenner só se alimenta por sonda e festeja vaquinha que já arrecadou R$ 77,8 mil para carro adaptado

Postado em 17/03/2021 7:14

FILHA DE GERSON BRENNER FAZ VAQUINHA NA WEB PARA COMPRAR CARRO ADAPTADO PARA O PAI

Iniciada há uma semana, a vaquinha virtual que a filha de Gerson Brenner criou na web com a finalidade de conseguir dinheiro para comprar um carro adaptado para o pai já arrecadou R$ 77, 8 mil, o que representa 52% da meta, que é de R$ 150 mil. “Não acredito que já chegamos até aqui. Estou fazendo tudo que posso para conseguirmos o quanto antes realizarmos esse sonho. Vai dar certo”, festejou a jovem nesta terça-feira no Instagram.

A corrente de solidariedade tem contado com a ajuda de fãs de Gerson, o ex-galã de TV que há quase 23 anos vive numa cadeira de rodas e com dificuldades na fala, por conta de um tiro na cabeça que levou durante uma tentativa de assalto em 1998. Atores como Jandir Ferrari e Cristiana Oliveira, que trabalharam com Brenner, tem ajudado na divulgação da campanha.

A vaquinha foi criada pela filha caçula de Gerson, Vitória, de 22 anos. Em seu Instagram, a jovem contou como está a saúde do pai e disse que ele só se alimenta por sonda.

Advertisement

“No início, ele conseguia falar poucas palavras; conseguia ter um movimento melhor, do lado do corpo que ainda tem movimentos; ele conseguia comer, hoje ele come por sondas; ele cabia num carro convencional, hoje, ele não consegue mais. Depois de 2019, meu pai fica praticamente na cama”, disse.

“Em 22 anos, ele saiu de casa pouquíssimas vezes. Doze anos da vida dele depois do acidente, foram razoáveis. Hoje é impossível. Eu acho, sim, que eu devolveria um sorrido para o meu pai se eu trouxesse de volta o contato físico, a vida social os fãs. Ele está numa quarentena há 22 anos”, disse.

Filha Gerson Brenner com a ex-dançarina Denize Taccto, Vitória Brenner, de 22 anos, criou na semana passada uma vaquinha virtual com a finalidade de arrecadar R$ 150 mil para comprar um carro adaptado para o ex-ator, que vive há 23 anos numa cadeira de rodas e com sequelas de um tiro na cabeça que levou durante um assalto em 1998. A jovem, que tinha apenas 1 ano quando tudo aconteceu, postou um vídeo no Instagram nesta terça-feira contando a tragédia e fazendo um apelo por ajuda.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!