Chifres são 'modificações preferidas' de Carol Praddo, conhecida como 'mulher demônio' - Portal MPA

Publicidade

Chifres são ‘modificações preferidas’ de Carol Praddo, conhecida como ‘mulher demônio’

Postado em 04/10/2020 8:07
Publicidade

Este slideshow necessita de JavaScript.

Uma mulher de 35 anos vem transformando seu visual radicalmente há três anos, com cerca de 60% do corpo tatuado e alterações na língua, olhos, dentes e na testa.

conheceu seu atual marido em um estúdio. Ela iria fazer mais uma tatuagem pequena e o homem era o tatuador. Juntos, eles cobriram praticamente todo o corpo com diversas tatuagens ao longo dos anos e o homem, conhecido como ‘Diabão’, passou a instaurar modificações mais agressivas em seu corpo. Há três anos, Carol também seguiu os passos dele e tatuou os olhos.

‘Mulher demônia’ temente a Deus

 

Os pequenos chifres na testa são as modificações preferidas de Carol. Os acessórios deram a ela o apelido de ‘mulher demônia’, mesmo que ela garanta que sua relação com Deus é forte. Ela confessa que tinha receio do julgamento divino e buscou orientação antes de realizar o procedimento.

Publicidade