Secretário de Vigilância em Saúde deixará Ministério da Saúde

Postado em 24/05/2020 10:39

Wanderson Oliveira ocupava o função desde a gestão de Luiz Henrique Mandetta. Assim como o ex-ministro, Oliveira defende o isolamento social como estratégia contra o contágio por Covid-19. Durante a gestão de Mandetta, Oliveira foi uma das autoridades do ministério que mais participou das ações para enfrentar a pandemia.

Assim como o ex-ministro, o secretário defende o isolamento social como estratégia de contenção do coronavírus, medida criticada pelo presidente Jair Bolsonaro, que afirma que esta ação é prejudicial à economia.Em mensagem enviada à equipe, Wanderson disse que a saída foi definida no dia 15 de abril, mas que permaneceu mais algumas semanas a pedido de Mandetta e de seu sucessor, Nelson Teich, que também já deixou a pasta.

Brasil teve mais 965 mortes por Covid-19 confirmadas neste sábado. Total de pessoas mortas no país pela doença chega a 22.013. 347 mil casos foram confirmados, segundo levantamento do Ministério da Saúde, a partir de dados de estados e municípios.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
error: Este conteúdo é protegido!