Publicidade

Prefeitura emite nota sobre boletim de ocorrência registrado em ponto de vacinação de Divinópolis

Postado em 24/09/2021 17:47

Em nota, a Prefeitura de Divinópolis se posicionou sobre a fila que ocorreu hoje (24/9), no Pátio da Emop, isso por conta da vacinação contra a Covid-19. Para tomar a segunda dose da vacina Pfizer neste local, estavam agendadas 737 pessoas e, até o momento, mais de 1000 pessoas haviam sido vacinadas, sendo que, dessas, cerca de 70 idosos receberam a dose de reforço.

O problema, segundo a nota é que muitas pessoas que estavam com a sua segunda dose da vacina Pfizer atrasadas compareceram hoje, fazendo com que o número de pessoas para vacinar subisse. Porém, esse número está dentro do número da capacidade de atendimento do drive, que é 1.200 pessoas/dia.

Todos os idosos na fila da vacinação devem ter prioridade na vacinação, porém, hoje, houve uma irritação generalizada de familiares dos idosos que não conseguiram a a dose de reforço, isso porque é  necessário 180 dias após a segunda dose da vacina.

Advertisement

Hoje, estavam aptos a tomar a vacina somente idosos com mais de 70 anos que receberam a segunda dose até o dia 27 de março de 2021.  Porém, mais de 100 idosos tiveram de ser retirados da fila de vacinação por não atenderem aos critérios da vacinação da dose de reforço. Um familiar que recorreu à Polícia Militar, com o objetivo de fazer Boletim de Ocorrência alegando que o idosos teria direito a tomar a dose de reforço, mesmo o idoso não estando apto a tomar a vacina.

Os critérios estabelecidos para vacinação da dose de reforço são definidos pelo Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde do Governo Federal e o descumprimento dos prazos caracteriza crime por parte do gestor que autorizar a vacinação.

Em decorrência do fato a Prefeitura de Divinópolis decide que, a partir de hoje (24/9), os idosos que precisam se vacinar com a dose de reforço deverão realizar o seu cadastro para que possa ser confirmado o prazo mínimo de seis meses da segunda dose. Este cadastro deverá ser feito através dos telefones (37) 32296870 e (37) 99105 0016.

Pessoas com segunda dose em atraso podem procurar um local de vacinação sem necessidade de agendamento, mas serão atendidas após às 15h. A medida tem como objetivo não gerar aglomeração.

Infelizmente nem todas as pessoas tem acesso as informações por meio das redes sociais. Os veículos de imprensa da cidade estão fazendo um esforço tremendo para conseguir as informações e oferecer a todos, por televisão, rádio, jornal e meios digitais também. Infelizmente a apuração de todas as regras que se aplicam a cada grupo prioritário leva tempo, poderia a secretaria de saúde disponibilizar tais informações e seria de uma valiosa contribuição a sociedade.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade