Otimismo pode contribuir para a saúde do coração, garante estudo

Postado em 03/11/2019 11:23

SMILE

Um estudo revelou que ser otimista faz bem para a saúde. A informação é de uma pesquisa feita por especialistas da Universidade Harvard e do Hospital Monte Sinai, ambos nos Estados Unidos.

Pensar em coisas boas, ajuda a diminuir o risco de infarto ou acidente vascular cerebral. Por meio de combinação com o resultado de 15 pesquisas anteriores que reuniram 229.391 voluntários, os pesquisadores descobriram que o risco de sofrer um evento cardiovascular, como infarto ou derrame, entre os otimistas é 35% menor. O grupo foi avaliado durante quase 14 anos.

Além disso, o estudo mostrou que morte por qualquer causa, entre os otimistas, apresentou queda de 14%.

Por outro lado, um levantamento revelou que pessoas pessimistas podem desenvolver doenças cardíacas. A pesquisa é uma das primeiras a serem realizadas com análises robustas sobre o efeito do otimismo no desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Segundo especialistas, o pessimismo contribui para a produção de substâncias inflamatórias na circulação, mudanças na pressão arterial e na liberação de hormônios do estresse, como o cortisol. Os profissionais também destacaram que o pessimismo pode ser revertido com terapia cognitivo-comportamental e técnicas de psicologia positiva.

Tocador de áudio

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com