Mulheres lideram quadro de infecções respiratórias agudas

Postado em 28/05/2020 18:42

A Secretaria Municipal da Saúde (Semusa) informa nesta segunda-feira (25/05), que dos exames realizados para Covi-19, 167 testaram positivo, 200 foram descartados e outros seis, estão em análise. As informações tem como base, os dados divulgados pelo Ministério da Saúde através da plataforma “FormSUScap”. O número de pessoas com quadro clínico suspeito do novo vírus subiu para 2078 casos. Não há nenhum registro quanto a novos óbitos.

 

Em relação à faixa etária, o novo registro de notificações aponta: 32 casos para a população menor que 1 ano; 109 entre 1 e 4 anos; 55 entre 5 e 9 anos; 119 entre 10 e 19 anos; 957 entre 20 e 39 anos; 560 entre 40 e 59 anos; e 246 entre as pessoas com idade superior a 60 anos. A população do sexo feminino continua sendo mais atingida, com 1.140 notificações. Enquanto isso, o sexo masculino contabiliza 938 casos.

 

Das confirmações, os pacientes com idade entre 40 e 59 anos, continuam sendo o grupo com mais números de casos, são 78 ao todo. Em segundo lugar, aparecem os pacientes entre 20 e 39 anos, contabilizando 57 casos. Em seguida, está a população com mais de 60 anos, são 26 casos. O boletim aponta 4 casos entre a população de 10 a 19 anos, um caso entre 5 e 9 anos, e um caso entre 1 e 4 anos. Sendo assim, 93 equivalem ao sexo feminino e 74, ao sexo masculino.

 

Internações nas redes hospitalares

 

Os dados são atualizados diariamente e referente à taxa de ocupação de leitos, a porcentagem é de 55,2%. Até o momento, 35 pacientes estão internados na rede SUS e outros 39, na rede particular. Não há atualizações quanto ao número de recuperados, mantendo-se em 122.

 

Em relação aos pacientes internados nas redes hospitalares do município e que apresentam quadro clínico compatível de Covid-19, até a presente data, 20 estão na enfermaria e 24 no CTI. Dos pacientes internados ou que foram atendidos no ambulatório, e estão em isolamento domiciliar, são 1.198 ao todo.

 

O Secretário Municipal de Saúde, Amarildo Sousa, reforçou a importância do uso de máscaras. “Mais uma vez destaco que o uso de máscaras é obrigatório. O equipamento de proteção é fundamental para que possamos diminuir o risco de infecção. A secretaria está empenhada em ações preventivas e queremos levar informações para o maior número de pessoas”, explica.

 

A Prefeitura Divinópolis reforça o uso obrigatório de máscaras e orienta os cidadãos a seguirem todos os protocolos de segurança, cumprindo com as normas impostas na última deliberação. Os infratores das diretrizes de saúde estão sujeitos a penalidades. A população pode contribuir com o município, registrando uma denúncia no App Divinópolis na opção “Coronavírus”. O aplicativo está disponível nas lojas de aplicativo e é gratuito.

Veja também
Publicidade
Noticias relevantes:
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
error: Este conteúdo é protegido!