Publicidade

Esclarecimento sobre as doses de vacinas recebidas por Divinópolis

Postado em 31/03/2021 17:29

A prefeitura esclareceu sobre a quantidade de doses de vacinas recebidas pelo município e em estoque e, ainda, sobre as perdas, a Prefeitura vem se manifestar, com os seguintes esclarecimentos:

As vacinas começaram a chegar em Divinópolis no final do mês de janeiro, sendo que foram recebidas 3.629 doses no dia 19/01/2021. No mês de fevereiro, recebemos um total de 10.323 doses, sendo 6.466 doses no dia 03/02/2021; 2237 doses no dia 11/02/2021 e 1.620 doses no dia 23/02/21.

Já no mês de março foram recebidas 24.890 doses distribuídas ao longo do mês. No dia 02/03/2021 recebemos 2.940 doses. Já no dia 09/03/2021 chegaram mais 2.020 doses. No dia 15/03/2021 chegaram 3.180 doses e no dia 22/03/2021 4.310 doses de vacina. No dia 27/03/2021 o Município recebeu o maior número de doses de uma única vez, sendo 12.440. 

Advertisement

Até o dia 30/03/2021 foram aplicadas 23.652 doses, sendo 17.209 primeiras doses e 6.443 segunda doses. No mês de janeiro foram aplicadas 2.967 doses. Em fevereiro, 7.972 doses foram aplicadas e, no mês de março, foram aplicadas 12.713 doses.

É importante ressaltar que, por determinação do Ministério da Saúde, o Município era obrigado a manter em estoque quantidade de doses para ser aplicada a segunda dose. Por esse motivo, não podiam ser aplicadas todas as doses que eram recebidas.

No dia 22/03/2021 o Ministério da Saúde emitiu documento determinando que os municípios não precisam mais guardar frascos para serem aplicados a título de segunda dose.

Em relação às perdas operacionais, no caso da vacinação da COVID-19 os frascos são multidoses, com 10 doses de 0,5 ml. Porém, em alguns frascos nem sempre é possível atingir as 10 doses de 0,5 ml, ficando um restante que varia de 0,1 a 0,4 ml. A aplicação deve ser feita somente se o restante no frasco for suficiente para uma dose (0,5 ml), já que, segundo o Programa Nacional de Imunização, NÃO é permitido a mistura de vacina de frascos diferentes para completar a dose de 0,5 ml, uma vez que as vacinas estão sujeitas à contaminação. Logo, essas sobras de vacina nos frascos devem ser desprezadas gerando as perdas técnicas.

Em Divinópolis, ocorreu a perda operacional ou técnica de 1.649 doses, o que equivale a 4,25 % da quantidade recebida. O Ministério da Saúde adotou-se a estratégia de perda operacional de até 5%.

Para diminuir a quantidade de perda, o Município detectou que a seringa utilizada na aplicação da vacina tem influência na porcentagem de perda e, em razão disso, decidiu trocar as seringas fornecidas pelo Estado e comprar outras com possibilidade de perda menor.

Além disso, para agilizar a aplicação das vacinas na cidade, além do drive thru que acontece no centro administrativo, a prefeitura irá disponibilizar mais dois pontos, um deles no estacionamento do Divinópolis Clube e outro na região do Bairro Bom Pastor, além de estar estudando outros lugares da cidade para ampliação da vacinação.

É necessário destacar, também, que o Município tem obrigação de seguir o Programa Nacional de Imunização, que determina todas as diretrizes bem como os grupos prioritários que devem ser vacinados. 

Sendo assim, a Prefeitura de Divinópolis não está medindo esforços tanto para organizar e garantir eficiência para a vacinação quanto para conceder transparência e publicidade para todas as informações referentes ao assunto.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!