Publicidade

Pela primeira vez na história Samonte recebe a visita de um presidente do TJMG

Postado em 25/01/2019 13:47

O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Nelson Missias visitou Santo Antônio do Monte, nesta sexta-feira, 25. Esta é a primeira vez na história da cidade, que um presidente do Tribunal de Justiça visita o município. Várias autoridades, advogados e prefeitos da região participaram do café da manhã, realizado no Fórum, para receber o desembargador.

A convite da diretoria eleita da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), subseção de Santo Antônio do Monte, o prefeito Dinho do Braz se reuniu com o presidente do TJMG juntamente com o membros da nova diretoria da OAB de Samonte, Leonardo Antônio Borges, Júnio Henrique de Sousa, Diego Andrade, Monique Costa, e Evelyn Couto, com o deputado federal Domingos Sávio, o presidente eleito da OAB seccional mineira, Raimundo Cândido  e o vereador Gustavo Couto, no dia 13 de dezembro,  para solicitar a designação de um juiz titular para cidade.

O desembargador atendeu o pedido prontamente, e no dia 7 de janeiro a juíza Tatiane de Moura foi designada para trabalhar na Comarca de Santo Antônio do Monte. Durante sua visita à Samonte, o presidente do TJMG destacou a importância da aproximação do judiciário com a população, por meio do Poder Executivo. “Os Poderes são independentes, mas são harmônicos entre si, e é muito importante quando o Poder Executivo está próximo ao Judiciário, aos poderes estatais de controle, porque isso ajuda a conduzir a caminhos retos. Eu vejo que o prefeito é um homem simples, dedicado, de grande visão como gestor. Ele foi ao meu gabinete também, para pedir que trouxesse para cá um juiz, e quando um prefeito vai pedir um juiz para a Comarca é porque ele sabe a importância da presença deste profissional para contribuir na pacificação social”, ressalta.

O prefeito agradeceu a atenção e o carinho do desembargador com Samonte, por ter vindo à cidade, como prometido no encontro dia 13 de dezembro, e também por ter designado a juíza para a Comarca logo após a solicitação. “Foi uma junção de esforços, de toda cidade, que abraçou esta causa, porque realmente uma cidade sem juiz não tem como ficar, e a Prefeitura é uma das principais prejudicadas pela falta do magistrado. Essa visita significa que Samonte está bem vista em todo estado de Minas Gerais. São 853 municípios no Estado, comarcas são mais de 600, e nós ficamos agradecidos e felizes, em saber que Santo Antônio do Monte está no caminho certo”, reforça. 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!