Mulher acorda nua na cama de desconhecido e tem pertences queimados pela esposa dele em Contagem - Portal MPA

Publicidade

Mulher acorda nua na cama de desconhecido e tem pertences queimados pela esposa dele em Contagem

Postado em 03/03/2022 11:49
Publicidade

Mulher acorda nua na cama de desconhecido e tem pertences queimados pela esposa dele em Contagem

Um homem, de 24 anos, foi preso suspeito de estuprar uma jovem, de 20, na noite dessa quarta-feira (2), no bairro Parque São João, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A vítima também teve suas roupas, celular, documentos e demais pertences queimados pela mulher do agressor, que flagrou os dois na cama do casal.

A vítima relatou a Polícia Militar (PM) que ela havia saído de casa no dia anterior para entregar alguns documentos a seu ex-namorado. Chegando ao local combinado, ela percebeu que o rapaz não estava em casa.

A jovem perguntou a algumas mulheres que estavam em um bar perto da região se haviam visto o homem passar por lá. Como elas disseram que não, a vítima decidiu sentar-se na mesa e beber com as demais. Enquanto bebiam, o irmão do ex-namorado apareceu, e a jovem entregou os documentos a ele, e continuou no estabelecimento

De acordo com a PM, a mulher disse que se lembrava da chegada do suspeito, que o conheceu no bar, e que ele se juntou a elas para beber. Depois, ela perdeu a memória e só se recorda de ter acordado nua na cama do homem desconhecido. Por isso, teria sido estuprada.

Os dois foram acordados pela esposa do suspeito, de 31 anos, que havia trabalhado a noite inteira e, chegou em casa pela manhã. Ao descobrir a traição, a mulher agrediu a jovem e o marido. Os pertences da vítima, incluindo as roupas e um celular, foram queimados.

Um vizinho viu a situação da jovem e a ofereceu um par de roupas. Ela aceitou e foi encaminhada ao Hospital de Contagem para fazer exames.

Já o suposto autor do estupro alega ter feito sexo com a mulher com o consentimento dela, sem preservativo. A versão que ele contou à PM é que havia conhecido a jovem em um baile funk na comunidade, e que, além de bebida, também usaram loló. Com machucados no rosto, ele foi levado ao atendimento médico.

A autora das agressões foi presa, assim como seu marido, por vias de fato, violência doméstica, além do possível cometimento de estupro. O caso foi encerrado na delegacia de plantão virtual.

Publicidade