fbpx
Pular para o conteúdo
  • Home
  • Política
  • Prefeito rebate críticas sobre contratação de pastor por 50 mil reais

Prefeito rebate críticas sobre contratação de pastor por 50 mil reais

Image

A contratação do pastor e cantor David Quinlan, contratado por R$ 50 mil para uma única apresentação durante o evento na Praça do Santuário, na segunda edição do Divifest, evento voltado para o público evangélico patrocinado pela Prefeitura Municipal de Divinópolis gera polemica.

Segundo o site do Sintram a contratação do pastor para um show de R$ 50 mil foi feita sem licitação. A Prefeitura justifica a contratação no modelo de inexigibilidade (sem licitação) com base nos artigos 72 e 74 da Lei 14.133/2021, a nova lei de licitações. A lei permite esse modelo de contratação somente quando a competição é inviável e também em alguns casos específicos, como a “contratação de profissional do setor artístico, diretamente ou por meio de empresário exclusivo, desde que consagrado pela crítica especializada ou pela opinião pública”. Leia a íntegra da justificativa apresentada pela Prefeitura para a contratação sem licitação.

O prefeito Gleidson Azevedo gravou um vídeo alegando que a informação não é verdadeira e segue os mesmos padrões da então vinda de Padre Reginaldo Manzotti e também artistas para a Divinaexpô.

A Divifest desse ano leva o nome de “Corações em Chama” e pretende reunir milhares de evangélicos a exemplo do que ocorreu no ano passado na primeira edição do evento.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x