Por atuação de Domingos Sávio, Ministério da Saúde disponibiliza R$13 milhões/ano para hospitais da rede de Urgência e Emergência

Postado em 07/06/2019 8:44

Foi assinada pelo ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta, a portaria 764/2019 habilitando a rede de urgência e emergência da região ampliada de saúde oeste. O documento é resultado de uma articulação e defesa do deputado federal Domingos Sávio em prol da saúde na região centro-oeste e garante um aporte anual em oito hospitais. Outros hospitais estão em fase de análise técnica e implantação dos serviços para, assim que credenciados, passarem a receber pelos serviços, totalizando um investimento anual de R$40 milhões/ano.

As entidades beneficiadas são: Santa Casa de Campo Belo (Campo Belo) R$ 738 mil, Complexo de Saúde São João de Deus (Divinópolis) R$ 6.344 milhões, Hospital São Luiz (Formiga) R$ 1.372 milhão, Hospital Manuel Gonçalves (Itaúna), R$ 738 mil, Hospital São Carlos (Lagoa da Prata) R$ 738 mil, Hospital São Judas Tadeu (Oliveira) R$2.044 milhões, Hospital Nossa Senhora da Conceição (Pará de Minas) R$ 422 mil e o Hospital Regional São Sebastião (Santo Antônio do Amparo) R$ 633 mil.

Domingos Sávio revela que o impacto do aporte anual na rede de urgência da região deverá se estender para outras áreas. Com a ampliação, por exemplo, o Complexo de Saúde São João de Deus, que atende atualmente com 326 leitos, passará a atender com 405 leitos. “Através desse aporte financeiro, vamos conseguir desafogar outras áreas e expandir a atenção primária. Vai favorecer tanto o município de Divinópolis quanto os do entorno, que compõem a rede”, explicou o secretário municipal de saúde de Divinópolis, Amarildo Sousa.

Na reunião de março deste ano, o parlamentar conseguiu a palavra do ministro Mandetta de todo o credenciamento da rede de urgência da região de saúde oeste, com aporte anual de R$ 40 milhões/ano. No entanto, alguns serviços ainda estão sob análise técnica do ministério e outros precisam ser implantados  – a exemplo dos 10 leitos de UTI de Santo Antônio do Monte e Bom Despacho – para depois serem pagos.

O deputado federal Domingos Sávio articulou e conduziu a reunião com o ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, em março deste ano, para relatar as demandas mais urgentes e necessárias do centro-oeste mineiro. Participaram da reunião, o Secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral Pereira da Silva, o presidente do Cis-Urg Oeste, prefeito Edson Vilela da cidade de Carmo do Cajuru, o secretário executivo do consórcio, Márcio José Zanardi e o controlador e ouvidor, Rodyson Kiristnamurti,  o secretário municipal de saúde de Divinópolis, Amarildo Sousa, a superintendente do Complexo de Saúde São João de Deus, Elis Regina e o assessor jurídico, André Waller.

 

Complexo de Saúde São João de Deus

Além do investimento de mais de R$6 milhões para o Complexo de Saúde São João de Deus pelo Ministério da Saúde, o parlamentar empenhou, de emenda de própria autoria, o valor de R$2,2 milhões, para a compra de uma máquina de ressonância magnética para a autonomia de exames dentro do hospital e também a compra de 10 máquinas de hemodiálise em caráter de substituição daquelas que estão com dez anos de uso.

Oito hospitais recebem recurso imediato na região; Complexo de Saúde São João de Deus terá R$ 6 milhões/ano

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com