Galileu Machado sai descontente da assembléia da AMM

Postado em 20/03/2019 17:42

Em assembleia da Associação Mineira dos Municípios (AMM), na tarde desta quarta-feira (20), os prefeitos recusaram o fechamento de um acordo com o governo de Minas para o pagamento de repasses. A maioria dos 328 prefeitos decidiu que o presidente da AMM, prefeito de Moema Julvan Lacerda, deve continuar negociando melhores condições para um acordo entre prefeituras e governo estadual.

O encontro foi marcado por muitos ataques de prefeitos ao governador Romeu Zema (Novo), que teria, segundo os gestores municipais, demonstrado que não tem palavra ao manter o decreto que retém os recursos constitucionais.
 
Julvan apresentou aos prefeitos a proposta negociada com o Estado que atrela os repasses à aprovação do regime de renegociação da dívida de Minas com a União.
Alguns prefeitos ponderaram que “qualquer acordo é melhor do que nenhum acordo”, mas a maioria cobrou prazos menores para os pagamentos do governo estadual. 
 
A principal preocupação dos prefeitos mineiros em atrelar a regularização dos repasses ao programa de renegociação da dívida com a União é a demora no acerto com o governo federal. 
 
O prefeito de Divinópolis, Galileu Teixeira Machado esteve na assembleia e fez uma avaliação da situação, ouça:

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com