fbpx
Pular para o conteúdo
  • Home
  • Política
  • Deputada Lohanna homenageia delegada Maria Gorete Rios

Deputada Lohanna homenageia delegada Maria Gorete Rios

Image

A deputada Lohanna (PV) homenageou a delegada da Polícia Civil de Minas Gerais, Maria Gorete Rios, pelos relevantes serviços prestados na condução dos trabalhos na delegacia da Mulher de Divinópolis. A cerimônia ocorreu durante reunião em comemoração aos 17 anos da Lei Maria da Penha na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. A homenagem ocorreu na quinta-feira (24/08) na reunião especial, destinada a comemorar os 17 anos da sanção da Lei Maria da Penha – Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006, que instituiu instrumentos jurídicos a fim de garantir proteção para as mulheres brasileiras vítimas de violência doméstica.


Maria Gorete Rios foi uma das idealizadoras da Delegacia da Mulher no município em 2002, onde ficou à frente por mais de 20 anos. Como referência à violência sexual, Gorete, com a colaboração do médico legista à epoca, implantou o protocolo da Violência Sexual, cujas vítimas de qualquer idade e gênero são atendidas de forma humanizada no Hospital São João de Deus. Lohanna destacou durante a reunião o papel da Lei Maria da Penha e o papel das políticas públicas na proteção das mulheres e em especial o trabalho da Dra. Gorete. “Hoje ainda é o dia em que a gente fala desses 17 anos dessa lei que permitiu que conseguíssemos conscientizar a mim e a todas nós sobre os direitos que a gente tem enquanto cidadãs, enquanto seres humanos, enquanto pessoas que nasceram neste país, que tem uma Constituição maravilhosa, completa e que precisa ser mais bem cumprida por todos aqueles que estão em posição de poder, inclusive nós”, ressaltou a deputada.


Ao receber a homenagem a delegada, que está afastada, para a aposentadoria, agradeceu à deputada Lohanna pelo reconhecimento e relembrou como foi a abertura da delegacia especializada. Ela também disse que vai se inscrever na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para prestar serviço voluntário às mulheres vítimas de violência e à pessoas vítimas de discrimação e ódio. “Eu falava que abrimos a delegacia a trancos e barrancos, e foi a trancos e barrancos mesmo, nós recebemos doações de faculdade, recebemos muito apoio da sociedade e apoio da Polícia Civil também. No dia da inauguração, nós falamos também que estávamos recebendo voluntários, psicólogos voluntários para trabalhar, para dar assistência à mulher. Não existia a Lei Maria da Penha, isso foi em 2002. Nós conseguimos vários psicólogos, inclusive uma socióloga, uma assistente social”, lembrou Gorete.


Gorete Rios é advogada, graduada em Direito pela FADOM Divinópolis e Pós Graduada em Violência Doméstica pela USP e em Direito Público pela FADOM. Foi aprovada no concurso para Delegada de Polícia em 1998, trabalhando em Carmo da Mata e Cláudio, sendo transferida, a pedido, para a Delegacia Regional de Divinópolis em 2000. Desde sua chegada em Divinópolis foi designada para trabalhar à frente da Delegacia de Mulheres.
Permaneceu como Delegada de Mulheres durante quase todo o tempo de exercício até seu afastamento preliminar para aposentadoria, em 2023.