Publicidade

Presidente e servidor da Câmara são afastados dos cargos

Postado em 12/12/2019 10:31

O presidente da Câmara de Itaúna, vereador Alexandre Campos (MDB), e o gerente administrativo e fincaceiro, Jean Carlos Silva, foram afastados dos cargos, na terça-feira (10), durante  Operação Carona Sinistra. Eles são suspeitos de fraudar procedimento licitatório, peculato, desvio e associação criminosa.

As investigações começaram no mês de fevereiro sendo apurado o direcionamento na licitação para contratar agência de publicidade e superfaturamento na veiculação de anúncios em dois jornais da cidade. De acordo com o promotor Ângelo Ansanelli, a Câmara pagava a eles valores fora do praticado no mercado.
 
Outra irregularidade apontada por Ansanelli é o fato de a agência e de um dos jornais serem, na época, de propriedades de uma única pessoa. “Então, ela lucrava como agência e como jornal”, explicou o promotor. 
 
Também são investigados Renilton Gonçalves, proprietário do jornal Folha do Povo; Magna Teixeira Lima, apontada como laranja do proprietário do jornal Folha do Povo; Luciene Alves Silva, proprietária da PeL Publicidade e Propaganda; e Silmar Moreira de Faria, ex-secretário de Planejamento e irmão do atual prefeito, Neider Moreira.
 
Em nota, o presidente interino do Legislativo, Hudson Rodrigues afirmou que acatará a ordem judicial imposta e oficializará o afastamento do vereador e do servidor. Ele também vai convocar o suplente para assumir a cadeira. Os demais envolvidos não se posicionaram sobre o caso.
 
RELEMBRE AQUI A REPORTAGEM SOBRE A OPERAÇÃO E CUMPRIMENTO DE MANDADOS
 
 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!