Publicidade

PM prende motorista de aplicativo por comunicação falsa de crime

Postado em 23/11/2020 7:42

No início da noite de domingo, 22 de novembro, na estrada dos Peixotos, próximo ao bairro Grão Pará, em Pará de Minas, a Polícia Militar prendeu um motorista de aplicativo, de 27 anos, de Belo Horizonte, por comunicação falsa de crime.

Os militares foram até o local averiguar informações passadas por um irmão do suspeito, também morador de Belo Horizonte, de que o motorista teria sido vítima de um roubo e estaria trancado no porta-malas do veículo. Os militares encontraram o motorista de aplicativo trancado no interior do seu veículo, um Renault Sandero, de cor prata, portando um celular e estando outro celular no porta-luvas do automóvel.

Inicialmente o motorista relatou que foi vítima de uma assalto, ocorrido em um semáforo do bairro Nacional, em Contagem, onde 03 homens, um deles portando um revólver, o obrigaram a entrar no porta-malas do veículo, que teriam ainda realizado o homicídio de um homem, próximo ao Morro das Pedras.

Os militares desconfiaram da versão narrada pelo motorista, devido à pobreza de detalhes e à tranquilidade com que ele se apresentava. Após ser questionado sobre os fatos, o motorista admitiu que devia um dinheiro a um homem, o qual lhe solicitou, como pagamento da dívida, que o levasse com mais dois homens perto do Morro das Pedras, onde teriam executado um indivíduo, a tiros.

Relatou ainda que a seguir o trio citado se deslocou com ele até Pará de Minas, onde fizeram contatos com pessoas envolvidas no tráfico, na cidade e depois o deixaram no local onde foi encontrado pelos militares e deixaram o local em outro veículo. Os militares fizeram rastreamento, mas o trio de suspeitos não foi encontrado.

O motorista foi preso por falsa comunicação de crime, sendo encaminhado à Delegacia. Os militares de Pará de Minas passaram as informações sobre o possível homicídio ocorrido em Belo Horizonte, para militares do Batalhão da região do Morro das Pedras, mas o suposto corpo não foi encontrado e o fato não foi confirmado. O local é de difícil acesso, sendo que as buscas continuam nesta manhã de segunda-feira, 23.

Foto PM

.

Foto PM

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!