Publicidade

PC indicia acusado de matar vizinha a facadas por desentendimento antigo e feitiçarias

Postado em 30/05/2021 7:48

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu as investigações referentes ao homicídio de uma mulher, de 57 anos, ocorrido no dia 31 de janeiro, no bairro Regina, na capital mineira. O suspeito de cometer o crime, indiciado pela PCMG, tem 21 anos e é vizinho da vítima. Ele foi preso no dia 13 de maio, em uma ação da Polícia Militar.

Conforme apurado, no dia do crime, o suspeito foi até a casa da vítima e chamou por ela. A mulher, que estava preparando o almoço, abriu a porta para o vizinho e, nesse momento, foi atingida com golpes de faca no ombro direito e na região torácica. Foram verificados também cortes nas falanges da mulher, ferimentos típicos de defesa.

A filha da vítima contou à polícia que ouviu o homem, enquanto esfaqueava a mãe, gritando macumbeira. O marido da vítima, por sua vez, viu o indiciado segurando o cabo do que parecia ser uma faca, cravada no peito da mulher. A motivação para o crime, de acordo com levantamentos, seria um desentendimento antigo entre vítima e suspeito, já que a mulher repreendia o jovem pelo envolvimento dele com o tráfico de drogas, enquanto o rapaz acreditava que a vítima fazia feitiçarias contra a família dele.

Advertisement

Durante suas declarações, o suspeito alegou ter agido em legítima defesa e que a mulher havia se jogado sobre a faca, sendo os relatos incompatíveis com as lesões da vítima. Ele foi indiciado por homicídio, qualificado pelo motivo ignóbil e pela dissimulação na conduta.

Com informações PCMG

PCMG indicia suspeito de matar vizinha a facadas

Foto: POLICIA CIVIL

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!