Novas informações sobre cão agredido em Divinópolis

Postado em 11/02/2019 15:45

Um cão vira-lata sofreu violência durante a tarde de sábado (9). O episódio ocorreu na Gustavo Corção, no bairro Catalão, onde testemunhas alegam que viram um cão amarrado numa camionete sendo arrastado pela rua.

Imediatamente, populares gritaram para o motorista pedindo que ele parasse o carro.

Em seguida, o cão foi desamarrado e solto pelo condutor da camionete.

Assustado e ferido, o animal fugiu do local. Populares acionaram a Polícia Militar e denunciaram o caso através de um boletim de ocorrências.

Versão dos Fatos

O acusado L.G., de 32 anos, conversou com nossa equipe de reportagem e negou as acusações.

Em sua defesa, L.G. alega que o cão possui leishmaniose e apresentava riscos para os moradores do local. E que por isso amarrou o animal na carroceria de sua camionete para levá-lo até um sítio.

O suspeito alegou que, porém, a corda estava muito longa e isso possibilitou que o cão pulasse da carroceria, fato que gerou agressões ao cachorro.

Investigação

O homem apresentou sua versão dos fatos aos policiais militares e, até o momento, não foi chamado oficialmente para depor.

A Polícia Civil investiga o caso com rigor e cautela.

O cão foi resgatado por um grupo de amparo animal.

Repercussão

Em redes sociais, muitas pessoas repercutiram o fato.

Ele amarrou o animal na carroceria e não mediu o tamanho da corda? Ele é, no mínimo, irresponsável e deve ser rigorosamente punido. Peço que a imprensa cubra o caso para que não caia no esquecimento“, relatou Michele Bernardes, moradora do bairro São José.

Se o motorista queria ajudar o cão, por que não o pegou de volta após o fato? Por que o deixou ir embora? É uma vergonha Divinópolis ser destaque nacional em tão curto espaço de tempo em dois episódios de violência contra animais“, opinou a jovem divinopolitana Emília Rodrigues, estudante de Direito e ouvinte da Minas FM.

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios