Ladrão solto no “Saidão do Corona” desobedece prisão domiciliar e foge da PM em Cajuru

Postado em 21/04/2020 15:10

A Polícia Militar de Carmo do Cajuru patrulhava a região do bairro Nossa Senhora do Carmo durante a madrugada de hoje (21) quando visualizou um elemento suspeito. Tratava-se de um ladrão de 31 anos já fortemente conhecido na cidade.

Ao perceber a aproximação da viatura, o suspeito tentou fugir correndo a pé, mas não foi muito longe. A PM conseguiu imobilizar o autor.

Foi descoberto que o homem saiu do presídio Floramar recentemente ao ser contemplado com o “Saidão do Corona“. Trata-se de um benefício defendido pelo governador Romeu Zema e concedido pela justiça para colocar em prisão domiciliar alguns milhares de presos sob a alegação de luta contra a pandemia do Covid-19.

O autor disse que saiu de casa para comprar objetos pessoais, mas não soube explicar onde, pois todo o comércio da cidade já estava fechado naquele horário.

Por descumprir sua prisão domiciliar, o homem foi preso e conduzido à delegacia de polícia.

Prisão Domiciliar

Na teoria, a prisão domiciliar é o cumprimento da reclusão em sua própria residência. Seu descumprimento é considerado grave e o apenado pode regressar ao regime fechado.

Na prática, a medida não é fiscalizada em Minas Gerais. Bandidos que descumprem a prisão domiciliar só são descobertos quando cometem novos crimes nas ruas e acabam presos pela Polícia Militar.

Em Divinópolis, o “Saidão do Corona” garantiu prisão domiciliar até para estupradores e pedófilos que acharam brecha no grupo de risco do Covid-19. O Estado não tem aparatos para fiscalizar se todos estão a cumprir as regras do benefício.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
error: Este conteúdo é protegido!