Publicidade

Jovem atira acidentalmente em comparsa, aciona a PM e tenta simular roubo

Postado em 28/03/2021 12:48

A Polícia Militar prendeu dois jovens que fizeram denúncia falsa de roubo. Eles foram presos pela Polícia de Formiga e Córrego Fundo.

Um dos acusados atingiu o outro com um disparo acidental e tentou simular um roubo, mas os policiais militares perceberam a fraude e os jovens foram presos por comunicação falsa de crime e porte ilegal de arma de fogo.

Na noite de sábado, 27 de março, a Polícia Militar foi acionada via 190 e informada de que teria acontecido um roubo tentado em Córrego Fundo e que a vítima teria sido atingida por um tiro no pé.

Advertisement

Imediatamente, a equipe da PM de Córrego Fundo e equipes de Formiga iniciaram o rastreamento, momento em que suspeitaram da versão da suposta vítima, com quem fizeram contato e passaram a questionar detalhes do fato, chegando a verificar os orifícios de entrada e saída do projétil, até que concluíram que realmente tratava-se de uma comunicação falsa de crime e que, na verdade, o indivíduo que prestou socorro à suposta vítima e esta estavam manuseando uma arma de fogo, quando um atingiu o outro no pé.

O acusado que foi atingido no pé, de 18 anos de idade, confessou que não aconteceu nenhum roubo e confirmou as suspeitas dos policiais militares.

O outro, também com 18 anos de idade, inicialmente tentou negar os fatos, mas ao perceber que os militares já tinham percebido com certeza como os fatos tinham ocorrido, tentou fugir, mas foi contido e, depois de mais algumas negativas, acabou por confessar os crimes e mostrar onde tinha escondido a arma, um revólver calibre 32, que foi apreendido junto com 04 munições intactas.

Em diligências complementares, também foram apreendidos dois simulacros de arma de fogo e um “soco inglês”.

Resultado:
2 acusados presos por comunicação falsa de crime e porte ilegal de arma de fogo
1 revólver calibre 32 apreendido
2 simulacros de arma de fogo apreendidos
1 soco inglês apreendido

Os suspeitos, assim como a arma e demais materiais apreendidos foram encaminhados a Polícia Civil. Porém, um deles assinou TCO e foi liberado, o outro pagou fiança e também foi liberado.

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!