João de Deus é acusado de tráfico de bebês

Postado em 06/01/2019 16:56

A ativista social Sabrina Bittencourt ganhou destaque nacional ao juntar provas para denunciar inúmeros casos de estupros cometidos pelo líder espiritual João de Deus.

Durante o fim de semana, Sabrina gravou um vídeo lançando novas e graves denúncias contra o médium. Bittencourt afirma ter colhido indícios substanciais apontando que um esquema internacional de tráfico de seres humanos foi comandado por João de Deus ao longo de décadas.

No vídeo, a ativista fala sobre relatos apontando que o líder religioso conduzia um esquema que escravizava mulheres em fazendas isoladas no interior goiano. Mantidas em cativeiro para exploração sexual, as mulheres seriam engravidadas para que os bebês fossem vendidos no mercado negro exterior.

A notícia causou forte impacto nas pessoas que acompanham o caso, porém ainda não foi oficialmente comentado pela Polícia Civil ou pelo Ministério Público de Goiás, que acompanham o caso João de Deus.

Histórico

Ativista social de renome e credibilidade mundial, Sabrina Bittencourt liderou diversas investigações e denúncias contra abusos de líderes religiosos no Brasil. Atualmente, a mulher vive em exílio político na Holanda.

Nascida numa família mórmon, Sabrina revela ter sofrido abusos na infância. É uma das criadoras do grupo Combate ao Abuso no Meio Espiritual (Coame), pela qual recebe relatos de crimes sexuais praticados por líderes religiosos

No vídeo, a ativista clama por ajuda das embaixadas da Austrália e de países europeus.

Confira o vídeo:

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!