Publicidade

Em luto por Simone Sabino, Divinópolis clama por justiça

Postado em 11/10/2020 21:55
Publicidade

Por Hugo Serelo

A morte da divinopolitana Simone Sabino ainda entristece a comunidade do bairro Niterói, em Divinópolis. Assassinada com uma facada no pescoço enquanto caminhava na Rua Rubi às 22:00 de ontem (10), Simone deixou saudades e tristeza para quem conheceu a mulher trabalhadora e respeitada.

Até o momento, a principal suspeita é a de crime passional. Relatos de testemunhas apontam que o ex-companheiro de Simone tem 26 anos e vinha fazendo ameaças contra a vítima. O elemento não foi localizado em sua residência e não atende ligações telefônicas.

Informações policiais apontam que o homem tem passagens por crimes de ameaça e agressão contra mulheres.

O velório e o enterro de Simone ocorreram hoje (11) sob forte comoção. Amigos e parentes se despediram e prestaram homenagem.

Porém, o sentimento de luto é também o de indignação. Divinópolis clama por justiça.

Polícia Militar e Polícia Civil estão a atuar em conjunto para a captura do assassino.

Em função da nova Lei de Abuso de Autoridade (aprovada em  janeiro de 2019 através do empenho do senador Raldolfe Rodrigues, da Rede) a imprensa não pode receber das autoridades a foto e o nome do suspeito. Impossibilitando, assim, que a população possa denunciar o paradeiro do suspeito caso o reconheça.

Nossa equipe de reportagem acompanha o caso e trará atualizações das diligências policiais.

 

Simone Sabino era querida no bairro Niterói.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!