Publicidade

Divinópolis amanhece de luto e clama por justiça após homicídio de Janaína Figueredo

Postado em 22/12/2019 13:03
Publicidade

Dívinópolis amanheceu de luto neste 22 de dezembro.

Na região do bairro Campina Verde, a jovem Janaína Figueredo, de 23 anos, foi brutalmente assassinada por seu próprio marido, Neivan Mourão Fróes, de 24 anos.

Durante a madrugada, o casal teve um desentendimento por motivos banais. Enfurecido, o criminoso usou uma faca para golpear Janaína sem chance de defesa.

A garota não resistiu aos graves ferimentos e faleceu no local do crime.

Logo após o homicídio, Neivan cortou o próprio corpo numa tentativa de suicídio. Porém, equipes do SAMU chegaram rapidamente ao local e salvaram a vida do autor.

Neste momento, o criminoso permanece internado em estado grave na Sala Vermelha do Hospital São João de Deus.

Luto

Nas redes sociais, amigos e familiares de Janaína manifestaram sentimentos de luto e de indignação.

A mulher era uma trabalhadora querida e amada em toda a comunidade local. Janaína tem histórico de bons relacionamentos sociais com moradores, que neste momento clamam por justiça.

Assassino

Se sobreviver, Neivan responderá por crime de feminicídio, e sua situação penal poderá ser agravada de acordo com as circunstâncias do homicídio.

A pena para o crime varia entre 12 e 30 anos de prisão.

Até o momento, autoridades policiais não revelaram fotos do autor.

 

A jovem Janaína Figueredo. Foto: redes sociais.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!