fbpx
Pular para o conteúdo

Cafetão é preso em Pitangui

Image

Nessa segunda-feira (20/5), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu, em Pitangui, região Centro-Oeste do estado, mandado de prisão preventiva contra um homem, de 64 anos, suspeito de exploração sexual de adolescentes e de rufianismo (cafetão). Até o momento foram identificadas seis vítimas, com idades entre 15 e 17 anos, à época dos fatos.

As investigações iniciadas em outubro do ano passado apontam que, entre abril de 2023 e fevereiro de 2024, o suspeito atraiu adolescentes do sexo feminino para a prostituição, oferecendo-as a “clientes” do sexo masculino em troca do recebimento de uma “taxa de intermediação”. Além disso, ele também teria oferecido quantia em dinheiro às adolescentes em troca de favores sexuais.

Após apurações, a Polícia Civil representou pela busca e apreensão em endereços vinculados ao investigado e também de uma adolescente, possível vítima de aliciamento para a prostituição. “Durante as buscas, foram apreendidos aparelhos celulares, os quais foram submetidos à perícia técnica. O laudo do aparelho celular do suspeito revelou uma rede de contatos do investigado com, ao menos, 18 clientes e 13 mulheres, entre adolescentes e maiores de 18 anos, ambas aliciadas”, informou o delegado responsável pelo inquérito policial, Douglas Taveira.

Em posse dos elementos de autoria e materialidade, a PCMG representou pela prisão preventiva do suspeito, que foi deferida pelo Judiciário. Ele foi localizado e preso na tarde de ontem e conduzido à Delegacia de Polícia Civil, onde optou por exercer seu direito ao silêncio. Em seguida, foi encaminhado ao sistema prisional.

O inquérito policial segue em andamento para identificar todas as vítimas e exploradores sexuais (cafetão), podendo estes responder pelo crime previsto no art. 218-B, §2º, I, do Código Penal.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x