Publicidade

Morre homem que teve corpo queimado pela ex-mulher em MG

Postado em 07/11/2020 10:18

Manoel Bernardino, . Ficou internado 9 dias e morreu nesta sexta-feira (foto Reprodução Redes Sociais)

Manoel Bernardinho Rodrigues, de 49 anos, que teve 63% do corpo queimado pela ex-mulher no dia 28/10, morreu nesta sexta-feira (6) no hospital de Ipanema, Leste de Minas, onde aconteceu o crime. A ex-mulher de Bernardino está presa em Ipatinga. A filha do casal, de 17 anos, que ajudou a mãe a incendiar o carro onde o pai estava, foi apreendida pela polícia, mas está em liberdade.

O crime aconteceu por ciúmes, segundo depoimento da ex-mulher de Bernardino à polícia. Ela e a filha viram o ex-marido dentro do carro dele, acompanhado de outra mulher. Enciumada, a ex-mulher pegou um galão cheio de gasolina, jogou no carro e em Bernardino. Em seguida, ateou fogo. Bernardino, que estava bêbado, não conseguiu sair do carro. A mulher que estava com ele saiu correndo à procura de socorro.

Mesmo com a chegada do Samu e ajuda de moradores da Rua Marechal Floriano, em Ipanema, onde o carro estava estacionando, o fogo queimou grande parte do corpo de Bernardino, que sofreu queimaduras de segundo e terceiro graus. Ele ficou internado no hospital de Ipanema aguardando vaga no Hospital João XXII, em Belo Horizonte. 

No mesmo dia do crime, a Polícia Civil de Ipanema agiu rápido e prendeu a ex-mulher de Bernadino, na zona rural de Ipanema. A filha, de 17 anos, foi apreendida, também no mesmo dia, transitando no centro da cidade. 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!