Justiça de Minas determina bloqueio de bens de empresa ligada a donos da Backer

Postado em 19/02/2020 18:24

BAKER

A Justiça de Minas determinou nessa terça-feira (18) o bloqueio de todos os bens da Empreendimentos Khalil Ltda, que tinha como sócios os irmãos Munir Franco Khalil Lebbos e Hayan Franco Khalil Lebbos, também proprietários da Cervejaria Backer. De acordo com a decisão, devem ser bloqueados, em até R$ 100 milhões,”os bens até garantia de eventual e futura reparação” aos consumidores intoxicados por dietilenoglicol supostamente causado por bebidas da marca.

A decisão foi tomada a pedido dos advogados de 13 vítimas de intoxicação e seus familiares. Segundo eles, houve uma alteração recente na constituição de sócios da empresa da família Khalil Lebbos. Nessa mudança, foram retirados da Empreendimentos Khalil os dois sócios que são comuns à Cervejaria Três Lobos, produtora da Backer.

No prazo de 72 horas, a Três Lobos deverá, sob pena de multa diária de R$ 1 mil para cada vítima ou familiar desassistido, custear os procedimentos médicos não cobertos pelos planos de saúde, as despesas dos acompanhantes das vítimas internadas em hospitais e o transporte desses pacientes a hospitais, clínicas e/ou médicos particulares.

Foi determinado ainda o pagamento de despesas com o suporte psicológico para todos os intoxicados e seus familiares diretos (filhos, pais, cônjuges e companheiros).

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!