Publicidade

Governador Zema decide prorrogar onda roxa até pelo menos o dia 4 de abril

Postado em 24/03/2021 12:15

De acordo com informações do Jornal Estado de Minas ,deverá ser prorrogada até até 4 de abril a onda roxa, a mais restritiva do Plano Minas Consciente, do governo do estado contra a transmissão do coronavírus. A decisão nesse sentido foi tomada, em reunião realizada na manhã desta terça-feira (24/03), pelo Comitê Extraordinário Estadual COVID-19, revelou fonte do Estado de Minas. 

A prorrogação foi oficializada por meio de decreto do governador Romeu Zema, que, nesta quarta (24/3), viajou para  Brasilia para reunião com o presidente Jair Bolsonaro.

Conforme o Jornal Estado de Minas fonte ouvida pelo EM, um dos fundamentos do comitê para estender o prazo da onda roxa em todo território mineiro é a previsão de que nas próximas semanas deverão aumentar mais ainda as internações, em função da elevação de casos da COVID-19. Há dias que é enfrentada a superlotação dos hospitais em todas as regiões do estado.
 

O novo secretário de Saúde, Fábio Baccharretti



O novo secretário de Saúde, Fábio Baccharretti, concederá entrevista ao vivo a partir de 12h30 na Cidade Administrativa, anunciou oficialmente, a prorrogação da onda roxa em todos os 853 municípios. Ele  abordou as medidas de combate ao coronavírus no estado. 
 O número de exames realizados aumentou. Esperava-se, com isso, que a positividade dos exames diminuísse. No entanto, não foi o que aconteceu. A positividade está em 45%, a maior taxa de incidência desde o início da pandemia.
 
fonte: https://www.em.com.br/app/noticia/politica/2021/03/24/interna_politica,1250040/minas-decide-prorrogar-onda-roxa-por-mais-14-dias.shtml

Urgente: Divinópolis entra em estado caótico UPA atinge 300% de ocupação por causa da COVID

Advertisement

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!