Falta de médicos em unidades de saúde sobrecarregada a UPA em Divinópolis

Postado em 19/03/2019 16:24

Das 24 unidades de saúde em Divinópolis metade estão sem médicos. Os atendimentos nestes locais estão comprometidos. Apesar do remanejamento para outros locais a situação prejudica a Unidade de Pronto Atendimento que está cada vez mais sobrecarregada.

A saída dos profissionais do programa “Mais Médicos” é um dos pontos colocados pela Comissão de Saúde como a causa do déficit de profissionais. Segundo o membro da Comissão o vereador Josafa Anderson para se ter uma ideia a médica que ingressou no posto do bairro Afonso Pena só ficou dois meses na unidade e pediu o desligamento.

A má remuneração é um dos pontos críticos apontados pelos parlamentares. Esta seria a causa da evasão que não para de crescer. De acordo com o vereador no dia 15 de março o prefeito Galileu nomeou 16 profissionais. Foram 4 clínicos, 10 generalistas e 2 psiquiatras. Dois deles pediram a exoneração antes mesmo de assumir o trabalho.

Na tentativa de mudar esta realidade a Comissão de Saúde pediu uma audiência na Secretaria do Estado. A ideia é encontrar um caminho legal e promover uma bonificação aos médicos que atuam no serviço público. A proposta é deixar o cargo cada vez mais atrativo e reverter a situação.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com