Publicidade

Estado afirma: Apesar da adesão ao Minas Consciente Divinópolis não pode ir direto para Onda Verde

Postado em 05/08/2020 15:14

Apesar da adesão ao Plano Minas Consciente a cidade de Divinópolis não poderá ir direto para Onda Verde. A afirmação foi feita pela equipe técnica do governo de Minas Gerais.  Segundo a secretaria de saúde a cidade terá de passar pelo período de análise antes de progredir de onda. As novas regras para o plano Minas Consciente, criado pela administração estadual visa orientar a retomada segura e responsável da economia nos municípios.

Durante coletiva na tarde desta quarta-feira, 05 o secretário adjunto de saúde, Marcelo Cabral respondeu um questionamento da TV Candides. De acordo com o secretário, Divinópolis terá de passar pelo período de análise antes de migrar para última onda. O período de análise foi estendido com as alterações aplicadas no plano, ele agora é de 28 dias. O novo protocolo, que considerou uma consulta pública com 630 contribuições, pretende adequar as regras ao momento de platô da pandemia no estado.  O novo Minas Consciente reduziu o número de ondas.

As novas ondas do plano foram divididas da seguinte forma:

Onda 1 – Vermelha – Serviços essenciais

Exemplos: supermercados, padarias, farmácias, bancos, depósitos de material de construção, fábricas e indústrias, lojas de artigos de perfumaria e cosméticos, hotéis

Onda 2 – Amarela – Serviços não essenciais

Exemplos: lojas de artigos esportivos, eletrônicos, floriculturas, autoescolas, livrarias, papelarias, salões de beleza

Onda 3 – Verde – Serviços não essenciais com alto risco de contágio

Exemplos: academias, teatros, cinemas, clubes

Atividade especial

Escolas (seguirão regras específicas)

Segundo o secretário Marcelo Cabral o pedido de adesão da cidade de Divinópolis deve ser deliberado ainda nesta semana. A avaliação do pedido será feita pelos Centros de Operações da Secretaria de Saúde do Estado, mas ele acredita que o município será enquadrado na Onda Amarela. Esta onda permite apenas os serviços não essenciais. Os serviços de alto risco como teatros, cinemas, clubes e quadras esportivas ainda estão restritos.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!